Quais países têm o acesso mais seguro para navegação na web?

AVG Infografico de Riscos na internet por país

Sete dos 10 países mais seguros para se navegar na Internet estão na África, com Serra Leoa avaliado como o mais seguro, de acordo com um estudo realizado pela empresa de segurança na internet “AVG”.
Os pesquisadores compilaram uma lista de vírus e ataques de malware por país que foram identificados pelo software de segurança “AVG”, com dados de mais de 127 milhões de computadores em 144 países para determinar taxas de incidência de tais ataques. A taxa média de incidentes em Serra foi de um ataque para cada 692 internautas. O estudo foi realizado na última semana de julho.
Depois de Serra Leoa, Níger se saído bem com um em cada 442 surfistas susceptível de ser atacado enquanto estiver online.
Embora fatores específicos não tenham sido mencionados para considerar Serra Leoa como um dos mais seguros do mundo, o resultado poderia ser decorrente do baixo nível de utilizadores da Internet no país.
Embora a baixa penetração da banda larga e a utilização da Internet nos países Africanos tenham sido citadas como um dos principais fatores para considerar estes países seguros, o chefe de pesquisas da “AVG”, Roger Thompson, escreveu em seu blog que a pesquisa deve servir como um alerta para aqueles que estão viajando para outros países e que pretende utilizar a Internet.
A região do Cáucaso é a mais vulnerável para ataques online, enquanto países como Turquia, Rússia, Armênia e Azerbaijão têm os maiores índices de ataques de vírus e malware.
Os Estados Unidos é o nono classificado com um em cada 48 surfistas na Web correndo risco, enquanto o Reino Unido foi classificado como o 30º lugar, com uma taxa de um internauta em risco num total de 63.
Analisando os dados por continente, as chances de um internauta ser atacado enquanto navega pela web na América do Norte é de 1 em 51. Na Europa é de 1 em 72, enquanto na Ásia (incluindo a Ásia-Pacífico) é de 1 em 102. O mais seguro continente é o africano (1 em 108), e por um longo caminho a América do Sul (1 em 164).
Enquanto os países Africano compõem sete dos “Top 10” de navegação segura da lista, verifica-se que as chances de ser atacado em todos os países da América do Sul é mais do que 1 em 100. O país da América do Sul com o maior risco foi o Peru, apresentando a possibilidade de que 1 em 131 internautas possa ser atacado, ocupando globalmente apenas a 78ª posição entre 142 países.

Fonte: http://www.avg.com/press-releases-news

Deixe uma resposta